A Ilha de Comino: Local do famoso Blue Lagoon – BELS Malta

Veja ossas ffertas!

Indo para Malta? Passe o dia na Ilha de Comino!

Comino é uma ilha pequena e paradisíaca entre Malta e Gozo, e onde tem o incrível Blue Lagoon. A ilha é quase inabitável, com exceção de uma família que reside ali, que são conhecidos como “guardiões da ilha”; e reduziu para quase nada. É quase uma ilha deserta, tirando uma construção exótica e ruas sem pavimento, nada mais. Mas quando você tira tempo para explorar melhor, vai perceber que tem muito para ver e conhecer e várias curiosidades escondidas nos arredores da ilha.

Você pode chegar a Comino por Ferry saindo de Cirkewwa, Malta ou por algumas opções menores saindo de Malta e Gozo. A maioria te levam direto para o Blue Lagoon. Você vai encontrar vários quiosques que vendem comida e bebidas, se for querer passear pela ilha não esqueça de levar água. Também não tem sombra natural, só dos guarda-sóis e também uma pequena área num canto da ilha.

O Blue Lagoon

Nada vai te preparer para o deslumbre que é, com água tão cristalina, que seus olhos nem vão acreditar. O Blue Lagoon está entre Comino e a ilhota de Kemmunet, que seu estilo rústico e formação geológica da um ar super atípico e exótico para o lugar. A area é grossa e bem branca, então mesmo que vá bem afundo, a água nunca fica escura. A vida marinha e as cavernas submerssas são riquíssimas, imagine fazendo snorkel aqui.

A melhor hora para aproveitar o Blue Lagoon é bem antes do primeiro ferry chegar ou depois que o último ferry sair, e terá o lugar todo para você. Senão, pode aproveitar durante o dia todo, mas esteja preparado para costa cheia de cadeiras e área do Blue Lagoon lotada. Também é possível ouvir o barulho dos barcos chegando e saindo tempo todo.

Acampando em Santa Maria Bay

Vale muito a pena considerar também passar a noite em Comino e aproveitar a ilha toda para você. Acampar é uma opção em Santa Marija Bay, apenas 20 minutos caminhando do Blue Lagoon, e entre este caminho tem o hotel em St Nicholas Bay que funciona somente no período do verão.

Santa Marija Bay é subestimada, mas claro que considerando Blue Lagoon, é normal. Mas a baía ali é linda, com beira mar convitativa, com algumas árvores que dão sombrinhas, pricipalmente nos dias mais quentes do verão. A área de acampar é atrás das árvores em uma área bem plana, alguns metros do mar. A área tem chuveiros e banheiros. Bungalows do hotel são alinhados pela parte oeste, onde a estação de polícia está e a igrejinha também, e pela parte leste tem caminho que te leva para Santa Marija Caves.

Como tradição, uma cerimônia é feira na igreja todo sábado no final da tarde, locais vem de barcos ou yachts para participar, com a parte religiosa completa para a semana, eles podem relaxar domingo na praia. A polícia em Comino usa bermudas e como pode imaginar, não acontece muita coisa por lá.

O caminho que segue pelo leste de Santa Marija Bay é de chão batido, que passa por uma praia pequena. Depois da praia tem pedras gigantes estão perdidas como se não pertencessem ao local. Geologistas confirmaram que essas pedras não são dali mesmo e foram levadas por uma onda fortíssima anos atrás. Atravesse as pedras e você estará na entrada das cavernas chamadas Santa Marija Caves.

Explorando a Ilha de Comino

Esteja preparado para se maravilhar com espetáculo local, pedras marcadas pelo tempo, vento e mar. Uma abertura no mar da espaço para entrada das cavernas, que precisa descer para chegar. Mais alguns passos dali, tem uma piscina natural. A piscina natural é conectada com as duas entradas dos clifes e mergulho aqui é bem popular. Acima do mar, as cavernas também te dão acesso a outro lado dos clifes, e é aqui, que 4 entradas enormes te chamarão a atenção. Tanto fora quanto dentro, a água á incrível para nadar.

Voltando de onde você saiu, vá até o final da rua de chão bruto. Você verá uma bifurcação. Para o oeste é caminho para Blue Lagoon, de onde você veio; pegue a rua para o sul. Pelo caminho você vai achar um cemitério militar, chiqueiro com porcos, alguns objetos dos moradores locais, algumas barracas militares antigas, antes de finalmente chegar na torre histórica.

St. Mary’s Tower

Saint Mary´s Tower, também conhecida como a Torre de Comino, é um forte de observação, no qual foi construído em 1618 pelo Grão-Mestre Wignacourt. Se você tiver sorte, a bandeira estará erguida e você poderá conhecer o interior da torre que é administrada por voluntário de Din L-Art Ħelwa.

Mas o verdadeiro espetáculo é a vista do alto da torre. No coração do desfiladeiro, a torre tem vista de toda ilhota, com água cristalina dividida pelas duas ilhas, antes do Blue Lagoon, com cavernas, arcos e janelas, com horizonte infinito e Gozo no fundo. Este é o melhor lugar para admirar o pôr do sol, mas lembre-se que se quiser ver, tem que passar a noite em Comino.

A trilha segue através dos clifes para o Crystal Lagoon, uma baía arredondada com água azul claro como cristal rodeado com por clifes e cavernas, ou até Blue Lagoon, chegando pelo outro lado. Depois desse tour, você conheceu Comino de ponta a ponta!

Quer saber mais sobre a ilha de Comino? Veja este vídeo:

Quer mais dicas do que fazer em Malta? Veja aqui.