As 12 melhores comidas de Malta – Seu melhor guia – BELS Malta

Veja ossas ffertas!

Comidas de Malta para você adicionar na sua listinha.

Todo país tem sua culinária tradicional no qual mostra as qualidades da cultura única de cada lugar. Com uma história compleca e raízes mediterrâneas, a culinária maltesa te deixará com gosto de quero mais. Tem muito do que explorar nas comidas de Malta e seu menu é vasto, ir em um restaurante típico é com certeza uma ótima opção. Mas se seu tempo é curto, veja aqui nossas dicas de alguns pratos típicos. Esta é a lista de comidas típicas para você experimentar durante sua viagem.

1. Pastizzi

Pastizzi, é uma massa folheada e assada, recheada com ricota ou ervilha, é com certeza a comidamais famosa em Malta. Com tempo teve variações, como espinafre, frango e outros sabores. Qassatat é uma versão diferente do pastizzi, normalmente maior e de massa tradicional e não folheada. Tem lojinhas de pastizzi por todo lugar – alguns inclusive são janelinhas somente – desenvolveram um menu um tanto que interessante, como arroz assado, massa assada, como enroladinhos de salsicha ou e tortas, assim como opções doce! Tudo isso por menos de 2 Euros, e sem dúvidas delicioso.

Nos últimos anos vem se tornando cada vez mais popular e símbolo da cultura maltesa. A arte de fazer pastizzi tem uma história bem interessante e vai bem afundo na cultura maltesa. Curioso? Veja este vídeo:

2. Ftira biż-żejt

Outro tira gusto típico é a Ftira biż-żejt. Esta comida tradicional de Malta consiste em uma porção de pão maltês com molho de tomate e azeite, recheado com ingrediente como atum, queijo, alcaparras, conservas, folhas verdes, etc. É muito comum como um almoço rápido e comer no meio do caminho ou também como comida de beira do mar, e tem na maioria dos quiosques e bars.

Quer sabe ronde encontrar a melhor ftira? Veja aqui:

3. Ftira Gozitana

Na ilha vizinha, Gozo, ftira tem um significado totalmente diferente, relacionado com espírito gozitano. A Ftira gozitana lembra uma pizza, ou focaccia e seus ingrediente típicos são batatas, alcaparras, tomates, cebolas, anchova ou atum. Um dos segredos que é feito de massa de pão e não massa de pizza e assada em forno a lenha. Se estiver em Gozo procure por panificadoras tradicionais para experimentar ftiras fresquinhas.

4. Bigilla

Bigilla é um pate de feijão feito com favas do feijão, conhecida também como “ful tal- ġirba”, com alho, pimenta calabresa, salsinha e óleo de oliva. Esta pasta era antigamente servida quente por vendedores de rua, mas agora você encontra em qualquer supermercado. Servida normalmente com galletti, biscoisto de água e sal, mas também pode ser usado como base para sanduíches ou complemento para algum outro prato. Saudável e gostoso!

5. Maltese Plater

Típico do estilo mediterrâneo, tipo uma tábua de frios para dividir na mesa consiste em galletti com bigilla, alcaparras, conserva de cebolas, tomates secos, azeitonas recheadas e queijo gozitano. Azeitonas são como uma iguaria, mas em Malta é comida do dia a dia; são normalmente recheadas com anchova ou atum. Queijo gozitano – ġbejniet – mas vem em várias váriações; são normalmente feitas com queijo de cabra ou ovelha e pode ser de consistência mole ou dura, neutra ou apimentada. E claro, tudo coberto com óleo de oliva.

6. Coelho (Fenek)

Sem dúvidas uma das comidas de malta mais famosas, tem alguns lugares inclusive que servem somente “fenkata”, termo que locais usam quando vão sair para comer coelho. Mġarr e Baħrija são bem conhecidas por isso; não espere nada muito chic! A entrada normalmente é “bebbux bl-aljoli”(Escargot ao alho e óleo), seguido com macarrão com molho de coelho. O coelho é servido frito no alho ou como ensopado, e também banhado no molho com bom vinho local.

7. Polvo (Qarnita)

Outro queridinho da culinária maltesa é ensopado de polvo, que normalmente é servido frito com alho ou ao molho, e também macarrão ao molho de polvo é bem conhecido. Melhor lugar para comer polvo é nos restaurantes que servem fresco, logo após serem pegos; Marsaxlokk – Vila de pescadores de Malta e mercado de pescados – provavelmente a melhor escolha.

8. Lampuki (Peixe Dorado)

Apenas possível experimentar em setembro, quando as águas em Malta são quentes e calmas, o lampuki é um peixe local e sazonal, com carne branca e fresca. Este peixe normalmente é servido frito inteiro ou em pedaços – cuidado com espinhos do peixe! O molho mais tradicional de lampuki é feito com tomates frescos, azeitonas, alcachofras, azeite, sal e pimenta. Esta comida típica de Malta é algo que você não pode deixar de experimentar.

9. Batata assada (Patata l-forn)

Comida típica do dia de domingo em Malta. A preparação é simples: camada de batatas, outra camada de tomates cortados fininhos, camada de carne de porco, outra camada de batatas, água, temperos e prontinho, só colocar no forno. O resultado é incrível, uma mistura cremosa com crocante das batatas. As batatas também podem ser preparadas sozinhas sem carne, para se servir como acompanhamento.

10. Timpana (Arroz de forno)

Originalmente, Timpana se referia a uma massa ao molho, ao forno com uma borda de massa. É uma comida em Malta servida em todas as casas e também fácil de achar em restaurantes e vendinhas na rua. Veja aqui mais detalhes:

11. Imqaret

Imqaret é uma comida de rua e bem tradicional em Malta. Vendida em quiosques ou carrinhos de venda, é um doce recheado com tamâras, frito, enroladinho como saquinho. Em restaurantes eles servem com uma bola de sorvete de vaunilha. Mmmm!

12. Pastini tal-lewz (Mantecais de amêndoas)

Amêndoas são super famosas nos doces malteses. Esta iguaria de amêndoas são servidas no chá da tarde, mas tem uma variedade de doces típicos feitos com amêndoas: figolli, kwarezimal, prinjolata, e nosso bolo de casamento tradicional também é feito com amêndoas.

Quer saber mais sobre comidas de Malta? Veja esse vídeo: